Wednesday, November 22, 2006

Avenida

18 Comments:

Anonymous Anonymous said...

Seria Avenida se estivesse no Foyer do Ritz e não no banco do Metro? Parece mais uma rua sem saída, até ao fim do vértice. Ou é a estação??

11:23 AM  
Anonymous Anonymous said...

Uma rua sem saída? Foyer do Ritz? Qual é o problema do banco do metro? Que pergunta é esta sobre a estação? Sem dúvida que passou pela estação da Avenida e sem dúvida que uma mulher assim é uma avenida linda com um toque clássico. Talvez até seja mais uma cidade cheia de coisas bonitas onde nos podemos perder.
Manuel

12:13 PM  
Anonymous Anonymous said...

Oh Manel, o menino por acaso lê? Por acaso percebeu mesmo a imagem ou tem de pedir auxílio ao tio Roberto? Senão sabe ler, pelo menos olhe.

12:41 PM  
Anonymous Anonymous said...

Ruas, vielas, becos, estradas, caminhos, trilhos, atalhos,
auto-estradas, vias rápidas, quelhas, mas nada como uma Avenida! Que Estação tão bonita!

3:53 PM  
Blogger Ana Sofia Santos said...

esta avenida, sucitou reaçoes :)

6:33 PM  
Blogger Dr. Cunillingus said...

reacções anónimas..

6:47 PM  
Blogger particula-RG said...

Será que os sapatos também foram comprados na Avenida?

8:35 PM  
Anonymous Anonymous said...

porque é que a avenida é mais bonita que alcantara???

ass:massa sovada

9:31 PM  
Anonymous Anonymous said...

a avenida está fechada.

se houver sequencia da foto pode ser que se veja aberta.

10:13 PM  
Blogger Kay said...

This comment has been removed by a blog administrator.

3:42 AM  
Anonymous Anonymous said...

Caro Dr., uma reacção anónima é isso mesmo - anónima. Vale a reacção e pouco quem a diz. Provávelmente pode mesmo perder capacidade enquanto reacção se deixar de ser anónimo. Mas gosto da perna da rapariga, sem dúvida.

11:12 AM  
Anonymous ff said...

a KAY nunca gosta do k diz :)



ou então prefere dizer com outras palavras.

8:46 PM  
Anonymous Anonymous said...

O menino Manel por acaso lê. POr acaso até lê muito para lá das aparências e não tolera comentários fracos. Esta coisa do ser e da metafísica não é uma brincadeira. Não é uma farsa de Inês Pereira nem uma coisa que se aprende no liceu. É trabalho para um grupo de amigos de Epicuro e Academo discutirem depois de um grande desgosto amoroso. Não sejamos básicos. Não é agora ao fim de todo este tempo que vamos começar com os insultos fortuitos pois não? Anónimo... embebeda-te... perde-te nos braços da mulher que amas e arrepende-te... vais ver que não é como julgas. Ser é um jogo para quase todos os que se entregam, os que dão a alma e coração... não tem nada a ver com compreensão nem razão. Agora chora e depois de chorares diz-me se vales alguma coisa como ser emocional e metafísico que se perde nas ruelas da provocação em vez das avenidas do Amor.
O tio Roberto já deixou de ser tio. Agora é um dos meus maiores amigos e será sempre assim. Não preciso de ajuda: preciso, tal como todos os homens de coração aberto, de ser Amado por uma mulher que já amamos desde sempre.
Manel

2:10 AM  
Anonymous Anonymous said...

Manel, gostei, sinceramente. Aqui não é o melhor lugar para o que está dito, mas não lhe tira beleza nem energia, talvez até lhe dê ainda mais brilho. O que uma imagem pode sempre fazer!

11:22 AM  
Blogger Kay said...

só estávamos a falar da Avenida..

da imagem da Avenida..

1:50 AM  
Blogger Kay said...

mas fazem bem em transpirar palavras tão emocionantes, assim gostamos cada vez mais de cá vir!!

FF: não é que não goste do que digo, às vezes só não é bem aquilo que ficava lá "a matar"...

beijinhos

1:55 AM  
Anonymous Anonymous said...

O anonimato não leva a grandes resultados. Bela fotografia!!!

5:21 PM  
Anonymous Anonymous said...

Pois não anónimo.

12:47 PM  

Post a Comment

<< Home

Site Meter