Sunday, December 11, 2005

três bicicletas

12 Comments:

Blogger FF said...

ahahah,.. vai parecer k estou sempre cá batido., mas é verdade;

acabei de chegar a casa de bike. o post veio mesmo a proposito,.
*por acaso nao me vi não?!

6:17 PM  
Blogger bluejohn said...

Não me digam que o bob foi andar de bicicleta...?! Ohh bob e essa barriguinha?? (LOL)

[[]]

8:20 PM  
Anonymous Anonymous said...

uma é minha, outra é tua...e a outra??

ass:massa sovada

11:53 PM  
Anonymous Anonymous said...

a outra é de quem a quiser.

ass: alguem que ganhou uma massa sovada

12:10 AM  
Blogger dsign4us said...

'I want to ride my bicicle, i want to ride my bike! I want to ride my bicicle, i want to ride the way i likeee! BICICLE BICICLE!'. - Queen

Tenho d ir c a minha ginga a esse spot (claro mais a minha canon :P)

*bOa foto bOb!

9:46 AM  
Anonymous Anonymous said...

quem merece uma massa sovada,merece sem dúvida, uma bicicleta..:)

ass:massa sovada

10:17 AM  
Blogger Clau said...

Gémeas???

11:42 AM  
Blogger FF said...

nao quero merecer uma bicicleta,..!

depois poes-me logo a andar... dá-me tempo de comer a tua 'massa...

1:02 PM  
Anonymous Anonymous said...

..vais ter ainda que esperar algum tempo:P (quiça, abril)
e a 1º (massa sovada) tem que ser para o meu querido ex-professor de fotografia;)

ass:massa sovada

4:33 PM  
Anonymous Fabs Costa said...

(...) Gosto de coisas tristes mas contentes.

Não disse isto, desculpa, o que quero dizer é que gosto de coisas felizes mas tristes.

Ora, "a mesma coisa", dirás!

Talvez, mas o que te quero revelar é que sinto que sempre gostei de chorar quando estou alegre.

A tristeza mais bela de todas é a felicidade com lágrimas nos olhos.

Agora sim, exactamente isso.
O contrário aqui não é verdade.

As coisas tristes são realmente tristes, não havendo para mim qualquer beleza nelas.

Ontem chorei no concerto dos GoldFrapp e pensei em ti.

(...) A minha paixão por ti é eu ser orfão, viver num reformatório e esperar pela visita de alguém que me tire dali.

Calma, ainda não é isso.

A minha paixão por ti é estar numa fila imensa com meninos mais bonitos que eu, bem melhor tratados, mas mesmo assim, fazendo tudo para que me escolhas e me leves para fora.

Porque é a ti que eu quero e a mais ninguém.

E mesmo quieto, estou aos saltos cá dentro, quando te vejo, mesmo mudo, estou a gritar para que me leves daqui, faço força com os olhos para que fiquem maiores á tua passagem.

E mesmo que não me leves desta vez, fico á espera de outra, e mais outra, até ao dia em que não sobra mais ninguém, em que só estou eu ali, sozinho, sem mais meninos bonitos, sem mais nada, quase nu, com uma roupa velha e suja, à espera que me agarres.

E, se mesmo assim, não o fizeres, quero que saibas que dali não saio sem ti, mesmo que ali fique, para sempre, toda a vida, na certeza de que não me vendi a outra pessoa, na esperança de que tu voltes.

Porque é o teu regresso que me importa, porque é esse bocadinho em que te vejo que me faz ficar de lágrimas nos olhos mas contente cá por dentro.

Porque é mesmo isto que eu penso, a mais bela das tristezas é a felicidade com lágrimas nos olhos.

Fernando Alvim
No dia em que fugimos de casa, tu não estavas
Páginas 25 e 26

12:01 PM  
Blogger Clau said...

Adorei Prof* Fabiana

Lindo, lindo, lindo...

12:54 PM  
Anonymous Fabs Costa said...

Obrigada!

Eu também...

9:29 PM  

Post a Comment

<< Home

Site Meter