Friday, October 07, 2005

o varão

5 Comments:

Anonymous O Primo da Santinha de Balazar! said...

E com uma data de espectadores lá atrás!!!! Xiiiiiiiii!!!!

Que pouca vergonha....

9:52 PM  
Blogger virginia_pinhao said...

Não diga isso nem a brincar...
Não acho que as coisas percam o interesse, as pessoas é que são umas desinteressadas por tudo.
Problema o delas!!!
***

12:05 AM  
Blogger dsign4us said...

Técnica, pastel? Gosto.

9:20 AM  
Blogger Marvin the Paranoid Android said...

Foi no S. Pedro, no rápido ou no Oeiras-Todas?

1:51 PM  
Anonymous Fabs Costa said...

Pela velocidade, deve ser no Oeiras-Todas!

Gosto muito destas fotografias no interior dos transportes públicos.

Remetem-nos para imaginários do nosso dia a dia urbano, na nossa cidade de Lisboa.
(sem falar do humor que conseguiu registar nesta fotografia...)

Uma das coisas que gostei no filme português - Alice - foi o facto de retratar as nossas ruas, a nossa cidade, as nossas gentes.

Nós também estamos lá!
Como estamos nesta foto e noutras fotos suas.

Sinto uma necessidade urgente de valorizar a nossa arte, a nossa realidade e ficção, a nossa identidade, quer seja feita através do registo fotográfico, ou do cinema ou da música ou da literatura.

Estou um bocadinho cansada das histórias dos outros, as imagens dos outros, o design dos outros, a literatura dos outros, a arquitectura dos outros que vêm de fora para dentro.

Não é que tenha nada contra a globalização ou contra os grandes artistas, se de facto forem mesmo grandes, mas sinto por vezes que estamos a desaparecer...

Os Espanhois aprenderam muito bem a valorizar-se e penso que cresceram com isso.

É importante valorizarmos e acarinharmos, os nossos.
Pois, se nós não gostarmos de nós próprios, quem vai gostar?

Bem Haja!

Beijinho
Fabiana

11:11 PM  

Post a Comment

<< Home

Site Meter