Tuesday, April 05, 2005

Green

9 Comments:

Anonymous ops... another me said...

os jardins... verdes campos...será ela um jardim proibido com entrada directa para um céu de maravilhas desconhecidas?

11:17 AM  
Anonymous Anonymous said...

existem jardins... jardins secretos com entrada escondida... desvendada a quem é especial... com cheiros e sabores....

vale sempre a pena

*

1:09 PM  
Blogger virginia_pinhao said...

Green, a segunda cor a chegar, não por estar atrasada, mas porque gosta de observar tudo o que a rodeia.
É uma cor curiosa, interessada e com uma certa malícia própria, de “ente” que emana contentamento e afeição por tudo o que lhe é próximo.
Esta cor, só se distraí quando lhe convém, por isso prefere um atento segundo lugar, do que um irreflectido primeiro.
Espontaneidade é o grito de guerra!
***

6:54 PM  
Anonymous Anonymous said...

Os olhos da cobra verde
Hoje foi que arreparei
Se arreparasse a mais tempo
Não amava quem amei .....

C.V Transa

11:36 PM  
Anonymous Anonymous said...

o verde nao revela...desconfia...

ass:massa sovada

11:59 PM  
Anonymous Freeza said...

Humm com tanto comentário intelectual, só me resta a mim dizer:

que ombro apetitoso

8:54 AM  
Blogger sôdona.leide said...

Verdes são os campos
Da cor de limão
Assim são os olhos
Do meu coração

*

12:39 PM  
Blogger bluejohn said...

Mais que uma cor, é uma maneira de viver, de sentir, de ser, que de tão única nos torna sentidos, que nos transforma e que nos leva com ela num dançar de emoções que nos despertam tão bem.
Assim vai o verde, que se pinta como ninguém, numa tela repleta de branco, e sem saber, é quadro, é imagem, é real...

Obrigado Green*

9:52 AM  
Anonymous Anonymous said...

e por fim o verde...ainda tens esperança Rob?

6:53 PM  

Post a Comment

<< Home

Site Meter