Thursday, February 17, 2005

Rita

10 Comments:

Anonymous Anonymous said...

é verdade Rob!
descrever a Rita é quase impossível!
mas uma coisa tem que se dizer. com ela a tristeza não tem lugar, e a alegria é o pão nosso de cada dia.
ainda me lembro quando ela dizia que estava apaixonada por um padre...
as Ritas são mesmo infinitas...

11:25 AM  
Anonymous Anonymous said...

é verdade Rob!
descrever a Rita é quase impossível!
mas uma coisa tem que se dizer. com ela a tristeza não tem lugar, e a alegria é o pão nosso de cada dia.
ainda me lembro quando ela dizia que estava apaixonada por um padre...
as Ritas são mesmo infinitas...

* (esqueço-me quase sempre dele, ohps!)

11:26 AM  
Anonymous Anonymous said...

O(A) anónimo(a) das 11:25 disse uma grande verdade. "As Ritas são mesmo infinitas..."

12:41 PM  
Anonymous Anonymous said...

E o anónimo das 13.08 diz que são lógicas.

1:08 PM  
Blogger red said...

"as Ritas são mesmo infinitas..."
concordo!mas são todas diferentes!

p.s. onde está a rapariga do "O" ?

2:29 PM  
Anonymous Anonymous said...

Não existe foto para a letra O... ao menos punha um OOPS... de... não há foto!

*
.sôdona.leide.

2:36 PM  
Anonymous Anonymous said...

plenamente de acordo com '.sôdona.leide'.
para as letras que não existem fotografias, ou imagens, deverias pôr um ooops, ou algo do género...

*

2:59 PM  
Anonymous Anonymous said...

Calma... ainda tem tempo... Tente lembrar-se de uma Olga, uma Odete, uma Otília, ou até mesmo de uma Ofélia...

3:13 PM  
Blogger jp said...

.. ou mesmo uma Olinda, que era o nome da minha avó.

4:58 PM  
Anonymous Anonymous said...

- É um anjo?
- Não. É a Rita.
-;)

5:20 PM  

Post a Comment

<< Home

Site Meter