Saturday, January 22, 2005

uma janela indiscreta

9 Comments:

Blogger Manel said...

Apesar de tudo, acho que dançam ao pôr do sol... Sem grande esperança de conseguir o que querem da promiscuidade instalada entre a perdição e os valores.

7:38 PM  
Anonymous Anonymous said...

tenha vergonha professor... seu voyer,
ora imagine-se que o casal estava...


iade someone...

12:39 AM  
Blogger virginia_pinhao said...

indiscreta?
indiscreto?
indiscretos?

Isso somos todos…***

11:55 AM  
Blogger O Meu Outro Eu Está a Dançar said...

Siempre que te pregunto
Que, cuándo, cómo y dónde
Tú siempre me respondes
Quizás, quizás, quizás

Y así pasan los días
Y yo, desesperando
Y tú, tú contestando
Quizás, quizás, quizás

3:47 PM  
Anonymous Anonymous said...

há uma estranha sensação reconfortante nessa imagem...o calor do interior em contraste com o frio do exterior...apetece la entrar, mesmo sem sermos convidados...

ass:massa sovada

4:32 PM  
Blogger Kay said...

o seu telemóvel anda tão romântico.
não me apresenta ao seu telemóvel?

11:37 PM  
Anonymous Anonymous said...

'...quero a vida sempre assim, com você perto de mim até o apagar da velha chama...'

1:17 PM  
Blogger jp said...

Um mundo sem janelas; um mundo sem romantismo... Um mundo normal. Porra, não é difícil!

5:13 PM  
Anonymous Anonymous said...

Mas viram bem? O silêncio é uma forma de inteligência e dá ao que é bonito tempo sem perturbação. Não inventem. Vejam pelos menos que filmes se cruzam nesta imagem e como é que a ligação estão feita. Parolos.

7:01 PM  

Post a Comment

<< Home

Site Meter